Blog Da Su Riso

CONFIRA NOSSOS ARTIGOS

Nosso objetivo e deixar você sempre informado de tudo que acontece na Odontologia Clinica e Estética e as novidades da Su Riso


19/out/2020

PELE RENOVADA
Quer uma pele nova ?
Vem para a Su Riso

Skinbooster é um procedimento estético injetável simples da que, por meio do ácido hialurônico, hidrata profundamente a pele e traz resultados muito superiores aos de dermocosméticos, já que atua nas camadas mais profundas da pele.

Para que serve o Skinbooster ?

O Skinbooster ? é indicado para homens e mulheres com todos os tipos de pele, das mais jovens às mais maduras, que desejam hidratar profundamente a pele e que buscam por rejuvenescimento. O procedimento trata rugas finas do rosto, melhora o aspecto das olheiras e das marcas de acne.

 

 


Benefícios do Skinbooster:

Além de hidratar a pele de dentro para fora e de tratar os sinais da idade, o Skinbooster  tem um efeito preventivo. Para alguns pode parecer exagero aplicá-lo em pessoas jovens, mas não é. Dentre os principais benefícios para o rosto e o corpo estão a melhora da elasticidade e firmeza da pele e o estímulo da produção de colágeno.Skinboosters. O nome do tratamento vem dos ativos que são injetados na pele que são chamados de Skinboosters.

Os Skinboosters foram criados especialmente para realizar uma hidratação profunda na pele. Basicamente eles são compostos de diferentes tipos de ácido hialurônico que são encontrados em preenchedores.
Vale lembrar que os Skinboosters são diferentes do ácido hialurônico que está presente nos preenchedores uma vez que não atuam aumentando volume e nem mesmo fazendo preenchimento de sulcos. Ácido Hialurônico em Nova Função.

Os Skinboosters têm uma composição bem semelhante a aquela do ácido hialurônico, mas com uma nova função. O foco da ação desse ácido é hidratar e revitalizar a pele e não preencher O ácido está mais reticulado permitindo que ele atue como um estimulante na epiderme e derme, primeira e segunda camadas da pele respectivamente.

O ácido hialurônico tem uma ação comprovada no preenchimento de vincos e rugas mais profundas da pele. A função de hidratação aparece como algo aparentemente novo.vale ressaltar que essa é uma substância produzida naturalmente pelo corpo com o objetivo de manter a pele lisa e elástica.O Ácido Hialurônico em Nossa Pele.

À medida que vamos ficando mais velhos a produção do ácido hialurônico vai sendo reduzida. Isso faz com que a pele perca boa parte do seu viço e maciez. Os Skinboosters são utilizados para formar um tipo de reservatório hídrico de longa duração na derme o que ajuda a melhorar a elasticidade da pele e também a aumentar a produção de colágeno.

A partir desse acúmulo a pele começará a ganhar mais espessura na derme o que irá formar um novo colágeno. O reflexo na superfície da pele é um visual com mais viço e firmeza. Para ajudar eficientemente no que cada pele precisa o produto conhecido como Skinboosters tem duas versões.

Uma das versões é destinada as peças menos envelhecidas enquanto a outra é dedicada as peças que estão com um visual mais desidratado. Pode ser que dependendo do caso seja necessário fazer a reaplicação dos Skinboosters depois de seis meses de conseguir o resultado desejado para a manutenção.

 

 

COMO FUNCIONA O SKINBOOSTER

O SKINBOOSTER  atualmente, um dos tratamentos estéticos mais realizados , ácido hialurônico , é aplicado na derme para rejunevescer e melhorar a qualidade da pele, como: hidratação, firmeza, estímulo de colágeno.

Com o envelhecimento, há a diminuição de fibras colágenas e fibras elásticas, assim, a nossa pele fica mais fina, mais enrugada e desidratada.

Para resgatar e rejuvenescer a nossa pele, o tratamento com Skinboosterbconsiste em aplicar ácido hialurônico na pele, devolvendo a hidratação, firmeza, elasticidade e melhoria das rugas. Este tratamento  pode ser associado com outros métodos para obtermos melhor resultado, como: botox, preenchimentos, peeling, laser e luz pulsada.

 

 

 

NA SU RISO você encontra este tratamento !

 


19/out/2020

 

Ao ouvir falar em botox, a primeira associação feita por muitas pessoas é do produto para procedimentos estéticos. Mas a toxina botulínica pode ser usada como parte do tratamento de inúmeros problemas de saúde, como distonia muscular (contrações musculares involuntárias), hiperidrose (transpiração em excesso) e bexiga hiperativa (necessidade súbita de urinar).

Dra Suelen Domingos falou sobre isso no programa VTV DA GENTE , filial do SBT !

 

De maneira geral, a toxina botulínica tipo A atua sobre os neurotransmissores, controlando ou inibindo o estímulo de algumas funções no organismo por um período determinado. Nas situações em que temos músculos muito contraídos, como nos casos de espasticidade pós-AVC, o medicamento atua no relaxamento das fibras musculares, melhorando a mobilidade do paciente para a aplicação da fisioterapia, por exemplo .

A principal via de aplicação do botox é intramuscular. O produto é injetado diretamente no alvo do tratamento para promover o relaxamento do músculo, o que minimiza as contrações involuntárias e da rigidez excessiva. Já para o tratamento da hiperidrose, o medicamento é aplicado na camada intermediária da pele onde estão as glândulas sudoríparas, ajudando a controlar a produção excessiva do suor. A toxina ainda bloqueia a liberação de neurotransmissores associados à dor.

 

 

Como o produto age

Estrabismo

Melhora o alinhamento ocular sem necessidade de intervenção cirúrgica.

Distonia

A aplicação melhora a contração muscular involuntária, revertendo os movimentos e a dor.

Hiperidrose

Controla a transpiração em excesso.

Bexiga neurogênica

Melhora a capacidade do armazenamento da bexiga.

Enxaqueca crônica

Promove o relaxamento muscular e impede a liberação de neurotransmissores relacionados à dor.

Blefaroespasmo

Controla os movimentos involuntários das pálpebras.

Espasmo hemifacial

O medicamento relaxa as fibras musculares e controla os movimentos involuntários de um só lado da face.

Espasticidade

Controla os movimentos involuntários de um só lado da face.

Aplicação na rede pública de saúde do Rio

O uso do botox em tratamentos de saúde deve ser prescrito pelo médico. No Rio, a toxina botulínica é usada no Hospital Estadual da Criança, para casos de hiperidrose e espasticidade, e no Núcleo de Disfunções Miccionais, na Policlínica Piquet Carneiro, para o tratamento da bexiga neurogênica. A Secretaria estadual de Saúde afirma que “tanto no HEC quanto na Policlínica, os pacientes são encaminhados através da Central Estadual de Regulação”.

— Algumas indicações têm cobertura dos planos de saúde e do SUS. O procedimento só pode ser realizado por médico habilitado e tem duração de 4 a 6 meses


19/out/2020

 

 

Atenção, pais: Jamais é muito cedo par dar atenção à saúde bucal de seus filhos. Uma boa higiene bucal começa desde a infância. Assim que saírem os   dentes de um bebê, limpe-os diariamente com um pano suave ou uma escova de dentes especial para bebês e água. Na hora de ir à cama na noite é um bom momento para criar o hábito de limpar os dentes de seu bebê.

Segundo a Academia Estadunidense de Peri odontologia, a gengivite não se limita aos adultos, mas também ocorre em crianças e adolescentes. A gengivite em crianças pode ser tratada facilmente e reverter-se com uma rotina de cuidado bucal metódica de escovação dos dentes duas vezes por dia; mas é importante detectar a gengivite em uma etapa precoce para que possa tratar-se antes de que entre em uma etapa grave. Examine os dentes de seus filhos diariamente e fale com seus filhos que já estão na puberdade ou adolescência também prestar atenção a suas gengivas.

Alguns outros pontos sobre a saúde bucal que devem ser considerados para bebês, crianças de pouca idade e adolescentes:

Bebês.

Se você observar manchas nos dentes de seu bebê, visite a um odontologista. Os dentes de um bebê sadio devem ser de uma cor só, sem machas. Embora os dentes do bebê vão cair para dar passo aos dentes permanentes, é importante mantê-los limpos. As cáries podem aparecer em dentes de leite, o que pode ser doloroso para a criança e acarretar infecções problemáticas. A maior parte dos dentes de bebê estão em seu lugar para a idade de 2 anos, e você pode escova-los com uma escova de dentes suave projetada para o desenvolvimento nesta etapa particular de sua criança.

Crianças de pouca idade.

Embora as crianças de pouca idade pensem que eles próprios podem se escovar os dentes, a maioria das crianças não tem a destreza manual para limpar seus dentes até os 7 anos de idade. Até então, ajude a seu filho a escovar e usar o fio dental. Primeiro, deixem que eles se escovem sozinhos e depois continue ajudando-os a escovar e usar o fio dental novamente. A maioria das crianças pequenas habituam-se muito bem aos horários regulares, então, tente de fazer da escovação e uso do fio dental na manhã e na noite um evento familiar, e escove-se e use o fio dental ao mesmo tempo.

Crianças na etapa da puberdade

Quando as crianças iniciam a escola, os pais têm menos influencia em suas refeições e merendas e merendas durante o dia. Dé o exemplo a seus filhos comendo uma variedade de comidas saudáveis e seguindo uma rotina constante de cuidado da saúde bucal de escovação diária duas vezes por dia e uso de fio dental todos os dias. Você pode pensar que as crianças não percebem nada, mas de fato percebem tudo. Empacote abundantes frutas, vegetais e comidas integrais como merendas saudáveis. Igualmente, limite as bebidas açucaradas a um mínimo, já que se encontram entre os fatores que contribuem para a ocorrência de cáries.

Adolescentes.

Os adolescentes são pessoas ocupadas com hábitos e horários alimentícios imprevisíveis; mas mesmo assim estão muito interessados em seu aspecto físico. Assim, os pais podem promover a higiene bucal lembrando que escovar e usar fio dental de forma regular os ajudará a ter melhor aparência, promovendo um sorriso saudável e hálito fresco.

Um componente importante da higiene bucal para muitos adolescentes é aprender como usar o fio dental com aparelhos dentais. Você deve explicar a seus filhos que usem aparelhos que o uso do fio dental tomará um pouco mais de tempo com aparelhos, mas que dedicar tempo e esforço é importante para ajudar prevenir a acumulação de placa, que pode conduzir à formação de tártaro, e manter seus dentes saudáveis para ressaltar esse sorriso quando retirados os aparelhos.

Às vezes, as crianças começam a usar aparelhos antes da adolescência. Se você tem uma criança mais jovem que use aparelhos, poderia demorar mais tempo para aprender a usar o fio dental e poderia ser necessária a ajuda dos pais.

Dos produtos que podem ajudar às crianças e adolescentes (inclusive aos adultos) a usar o fio dental com aparelhos são os porta-fios dentais ou um fio dental especial de ortodontia.

Para usar o fio dental com aparelhos, siga os seguintes passos:

  • Insira a parte rígida do fio dental especial de ortodontia por debaixo do arame principal dos aparelhos.
  • Aplique a técnica apropriada para usar fio dental: Deslize suavemente o fio dental entre os dentes e debaixo da gengiva, formando um “C” para limpar a superfície do dente.

Se sua criança ou adolescente prefere usar o porta-fio dental, pode usar qualquer tipo de fio dental. Passe o fio dental através do porta-fio, depois deslize o extremo pontiagudo do porta-fio por debaixo do arame principal dos aparelhos e tire-o de forma que o fio dental esteja debaixo do arame. Depois, continue com a técnica de uso de fio dental apropriada.


19/out/2020

Apenas 53% dos brasileiros escovam os dentes com os três itens fundamentais para uma boa higiene bucal: escova de dente, pasta e fio dental, informou este mês o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Apesar de não ser o ideal, Antônio Carlos Pereira, professor da área de Odontologia Preventiva e Saúde Pública da UNICAMP, não considera o resultado negativo.

Esse percentual se refere a utilização dos 3 métodos conjuntos. Se você observar a questão da escovação com pasta de dente, esse percentual é de mais de 90%. Observe que escovar os dentes duas vezes ao dia está em torno de 90%. Esses valores são bastante expressivos e positivos e indicam uma melhora dos indicadores de saúde bucal verificados nos últimos anos”.

O ponto que ainda deve ser mais trabalhado com a população é a utilização do fio dental, item responsável pela média baixa de 53% que afirmam usar os três itens. Segundo Antônio, são três os motivos que levaram a esse percentual.

“A questão cultural em que o hábito da utilização do fio dental é negligenciado simplesmente porque parte da população acredita não ser importante; o custo do produto (acima de 10 reais) e a dificuldade motora que algumas pessoas apresentam na execução do processo”.

Falha masculina
Ainda segundo a pesquisa, os homens usam os artigos de higiene bucal menos que as mulheres. Enquanto 57,1% delas declararam usar escova, pasta e fio de dental, apenas 48,4% dos homens afirmaram que usam os três itens.

“Isso é verificado no Brasil e em outros lugares do mundo. A explicação mais plausível é que o homem se sente invulnerável e, diante disso, busca resolver os problemas autonomamente, enquanto as mulheres buscam ajuda em situações de prevenção e tratamento”.

Escolaridade
O fator escolaridade também influenciou muito no resultado. Enquanto 83,2% das pessoas com nível superior usavam os três itens, o percentual cai para 29,2% entre a população sem instrução e com ensino fundamental incompleto. “As estratégias para que isso melhore são simples, informação e diminuição do valor do produto”.
Troca da escova
Trocar a escova a cada três meses também não é um costume para a maioria dos brasileiros. Segundo dados do IBGE, apenas 46,8% substituem o artigo com menos de três meses.

“O desgaste das cerdas da escova dentária diminui a capacidade mecânica de remoção do biofilme (placa dentária). A escolha por não trocar a escova quando necessário (no máximo, a cada três meses), obviamente acarretará numa remoção do biofilme não efetiva”.

IBGE diz que só metade da população usa pasta, fio e escova
IBGE diz que só metade da população usa pasta, fio e escova.